05/02/2013
Capacidade instalada agregada em 2012 fica 60% abaixo da prevista

Em relatório, Aneel previa 8,7 mil MW de novas usinas em 2012, mas oferta agregada não chegou a atingir 3,5 mil MW
Milton Leal, da Agência CanalEnergia, de São Paulo, Operação e Manutenção
04/02/2013
Os atrasos na construção de novas usinas podem ser facilmente exemplificados ao comparar a expectativa inicial da Aneel para a capacidade instalada que seria agregada em 2012 e o montante que efetivamente entrou em operação no ano passado.
De acordo com o relatório de fiscalização da geração do órgão regulado, publicado em 15 de janeiro de 2012, a previsão para entrada em operação de nova oferta de geração no ano de 2012 era de 9.989 MW de potência instalada. Deste total, 8.688 MW correspondem a oferta considerada “verde” pela Aneel, ou seja, sem restrições. Outros 1.301 MW correspondiam a oferta considerada “amarela”, com restrições. Apesar do sinal verde, no decorrer do ano passado, o Brasil ganhou 3.463 MW de novas usinas, o que corresponde a 40% do total da oferta considerada sem restrições pela Aneel. Para 2013, a expectativa da Aneel é que sejam agregados 8,5 mil MW de novas usinas.



Desenvolvido por Graphos e MBA Comunicação